Brasiliense de Equipes com Handicap – 2016

Após última rodada finalizada neste sábado, dia 9 de julho, onde várias equipes tinham chances reais de disputa pelo título, a equipe CLUBE COAT, formada pelos atletas Fabio Grossi, Dannyel Coelho, Pollyanna Arantes e Alexandre Ceresa, sagrou-se campeã do Campeonato Brasiliense de Equipes com handicap 2016. Para realizar tal feito, foi preciso uma combinação de resultados que incluíam ganhar a fase de equipes, o All-Events de equipes e ainda bater a melhor linha de equipes.

A FBDF parabeniza a equipe campeã e todos os demais medalhistas do evento.

 

Resultados finais da fase de equipes– clique aqui

Resultados finais da fase de tercetos – clique aqui

Resultados finais da fase de duplas – clique aqui

Resultados finais da fase individual – clique aqui

Resultados finais do All-Events de equipe – clique aqui

Resultados finais do All-Events individual com handicap – clique aqui

Resultados finais do All-Events individual masculino e feminino sem handicap – clique aqui

Resultados finais a do Mapa de Pontos – clique aqui

 

O Campeonato Brasiliense de Equipes com handicap, segundo torneio local do ano, será disputado entre os dias 11 de junho e 10 de julho nas pistas do boliche Striker, no Pier 21.

As equipes serão compostas por 4 jogadores, sem distinção de gênero. O handicap utilizado para o torneio será o constante no último ranking brasiliense, divulgado após o torneio início.

 

CAMPEONATO BRASILIENSE DE EQUIPES COM HANDICAP – REGULAMENTO (clique aqui para versão em pdf)

1. Forma de disputa

As equipes serão formadas por quatro atletas, sem distinção de gênero. Os integrantes das equipes terão seus handicaps extraídos do último ranking brasiliense. As equipes deverão ter um nome e um capitão representante. O torneio será disputado em quatro fases: individual, duplas, tercetos (com descarte) e equipes;

Cada fase será disputada em seis partidas;

Desempates na pontuação final serão resolvidos pelas melhores colocações dos empatados sucessivamente nas fases all-events de tercetos, duplas e individual;

Após a inscrição das equipes, quaisquer alterações de seus componentes deverão ter motivos justificados e autorização da FBDF.

Será declarada campeã a equipe que obtiver maior número de pontos após a realização das quatro fases.

A pontuação das fases seguirá a tabela anexa.

2. Do local e horário dos jogos

Os jogos serão realizados no Striker Casual Bowling e as rodadas serão às segundas, terças e sábados, com início às 19h30 (segundas e terças) e 10h00 (sábados).

3. Data dos jogos

1a rodada : 11, 13 e 14 de junho
2a rodada : 18, 20 e 21 de junho
3a rodada : 27 e 28 de junho, e 02 de julho 4a rodada : 04, 05 e 09 de julho

4. Reposições, antecipações de partidas e uso do “blind”

Cada rodada corresponde a uma fase.

Os atletas/equipes poderão antecipar a participação de cada rodada/fase, nas segundas, terças ou sábados antecedentes, desde que haja vaga(s). Antecipações das fases de duplas, tercetos e equipes deverão ser feitas com a formação completa para cada fase – jogadores acompanhados de seus parceiros.

Na ausência de um ou mais parceiros, será usado o blind progressivo (média menos dez para o primeiro faltoso; média menos 20 para o segundo; média menos 30 para o terceiro e média menos 40 para o quarto, sempre na ordem do atleta com maior média da equipe para o de menor média).

As partidas dos atletas responsáveis pela aplicação do blind valerão apenas para o all-events da equipe e para a composição do ranking, após o evento.

Reposições somente serão permitidas da fase individual e deverão acontecer até o final da fase de duplas.

5. Condicionamento das pistas

O condicionamento será o WTBA Seoul 2016, que também será utilizado na próxima Taça Brasília.

6. Premiação

A premiação ocorrerá no dia 09 de julho, ao final da última rodada. Serão premiados:

• As 3 equipes melhores colocadas por pontos;
• Os 3 primeiros colocados do all events masculino, com e sem handicap; • As 3 primeiras colocadas do all events feminino, com e sem handicap;
• Melhor linha e melhor série, masculino e feminino, com e sem handicap.

Obs: Para os atletas e seus acompanhantes, o Striker oferecerá chope duplo e 10% de desconto nas pizzas.

07. Posicionamento nas pistas

Durante o torneio, a disposição das equipes obedecerá à classificação por pontos ganhos até a etapa anterior (desempate por pino derrubado por clube), à exceção do primeiro dia, o qual será definido por sorteio.

08. Uniformes

Os integrantes de cada equipe deverão jogar com camisas iguais e preferencialmente alusivas ao boliche.

09. Inscrições

As inscrições deverão ser solicitadas até o dia 10 de junho, exclusivamente pelo e-mail suafbdf@gmail.com.

O valor da inscrição será de R$ 290,00 (duzentos e noventa reais).

Às segundas e terças serão abertas vagas para até cinco equipes e, aos sábados, para até oito equipes. A alocação das equipes nos dias da semana será priorizada pela ordem de inscrição delas (data e hora dos e-mails), a partir da publicação deste regulamento.

As inscrições deverão ser pagas impreterivelmente até o início da segunda rodada, sob pena de desclassificação do atleta/equipe.

O atleta poderá se beneficiar de uma das seguintes vantagens relacionadas e de forma não cumulativas:
1. Equipes que tenham 1 (um) atleta que não seja federado e/ou não tenha jogado torneio oficial FBDF nos últimos 5 anos, terão 5% (cinco por cento) no valor da inscrição.

2. Equipes que tenham 2 ou 3 atletas que não sejam federados e/ou não tenham jogado torneio oficial FBDF nos últimos 5 anos, terão 10% (dez por cento) no valor da inscrição.

3. Equipes formadas integralmente por atletas não federados e/ou que não tenham jogado torneio oficial FBDF nos último 5 anos, terão 15% (quinze por cento) no valor da inscrição.

10. Normas Gerais

Fica expressamente proibido, durante o transcorrer do campeonato, o uso de talco ou quaisquer outros produtos nas solas dos sapatos que diretamente ou indiretamente possam vir a prejudicar outros atletas. Caso o atleta seja flagrado fazendo uso de tais substâncias, terá o frame zerado. Em caso de repetição da infração, a punição se repete.

É obrigação do atleta verificar se o total de sua partida foi corretamente transcrito para as súmulas oficiais da organização. Em caso de rasura, o atleta deverá solicitar a presença de outro atleta para a sua anotação correta.

Quando no approach, para fazer o seu arremesso, o atleta deverá respeitar somente uma pista a sua direita e uma a sua esquerda.

Para qualquer abandono de torneio, o atleta deverá comunicar à FBDF o ocorrido, acompanhado de uma justificativa que será analisada pela diretoria que definirá se haverá ou não punição.

O boliche é um esporte e como tal exige dos atletas comportamento condizente com as práticas desportivas e o bom convívio com os demais atletas. Atitudes que de algum modo afrontem os bons modos ou desrespeitem normas, regras e o bom convívio entre os jogadores serão analisadas e passíveis de punição pela diretoria da FBDF.

Os casos omissos serão resolvidos pela FBDF