Brasileiro Individual 2016

CBBOL divulga adendo ao regulamento do Campeonato Brasileiro Individual, a ser realizado no período de 3 a 6 de setembro, em Minas Gerais.

No documento, são divulgados os atletas por divisões, quantidades de atletas, definição dos locais de disputa, entre outros.

Clique aqui para ver o documento

A CBBOL abriu as inscrições para o Brasileiro Individual 2016, que será realizado em Minas Gerais, no período de 3 a 6 de setembro de 2016.

As inscrições dos atletas de Brasília deverão ser feitas EXCLUSIVAMENTE pela FBDF até o dia 5 de agosto de 2016 e deverão estar acompanhadas do recibo de pagamento. Pedimos a todos os atletas interessados em participar que enviem e-mail para suafbdf@gmail.com até o dia 4 de agosto e que anexem o comprovante de pagamento no valor de R$ 430,00. Conforme divulgado no regulamento, inscrições feitas pelo próprio atleta ou sem o comprovante de pagamento serão desconsideradas.

Qualquer dúvida, estaremos à disposição.

(clique aqui para versão do regulamento em PDF)

R E G U L A M E N T O

XXX Campeonato Brasileiro Individual – 2016

1. Datas, horários e locais de disputa

O 30º Campeonato Brasileiro Individual será realizado em Minas Gerais, no período de 3 a 6 de setembro, nos seguintes boliches:
* Boliche Del Rey – Av. Presidente Carlos Luz, 3001, loja 2000 – Caiçara, Belo Horizonte – MG.
* Boliche Monte Carmo – Monte Carmo Shopping, Av. Juiz Marco Tulio Isaac, 1119 – Ingá Alto, Betim – MG.

As divisões serão assim distribuídas:

Boliche Monte Carmo – Betim – 1º turno com início às 9h e 2º turno com início previsto para às 14h, exceto último dia, que pode começar mais tarde em função da realização das finais.

* 1ª divisão masculina – 24 atletas – 1º turno
* 1ª divisão feminina – 12 atletas – 1º turno
* 2ª divisão masculina – 24 atletas – 2º turno
* 2ª divisão feminina – 12 atletas – 2º turno

Boliche Del Rey – Belo Horizonte – 1º turno com início às 9h e 2º turno** com início previsto para às 14h, exceto último dia, que pode começar mais tarde em função da realização das finais.
**caso necessário e conforme número de inscritos

* 3ª divisão masculina – 24 atletas
* 4ª divisão masculina – 24 atletas
* 5ª divisão masculina – número de atletas a definir conforme número de inscritos
* 6ª divisão masculina – número de atletas a definir conforme número de inscritos

Ao final do prazo de inscrição, caso haja necessidade de abertura de mais vagas, a CBBOL divulgará o local de jogo e os horários de todas as divisões após as adequações necessárias.

2. Inscrições e forma de pagamento

O valor da inscrição por atleta é R$ 430,00 (quatrocentos e trinta Reais).
As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela federação do atleta inscrito. A data limite para inscrição via federações e pagamento das inscrições é o dia 5 de agosto de 2016, às 18h. Até o dia 8 de agosto serão divulgados os atletas confirmados e suas respectivas divisões/boliche/turno. Inscrições encaminhadas sem o comprovante de pagamento ou pelos próprios atletas, serão desconsideradas.

As inscrições e os comprovantes de pagamento deverão ser encaminhados somente pelas Federações de cada Estado, obrigatoriamente para os e-mails igliori@gmail.com e dcoelho10@yahoo.com.br. Não serão aceitas inscrições feitas diretamente pelos atletas ou que sejam encaminhadas sem os respectivos comprovantes de pagamento.

IMPORTANTE:
* Federações inadimplentes com a CBBOL a partir de 5º de agosto de 2016 não poderão inscrever atletas para o Brasileiro Individual.
* Atletas inadimplentes com a anuidade CBBOL a partir de 5º de agosto de 2016 não poderão ser inscritos para o Brasileiro Individual.

Dados bancários para depósito das inscrições:
* Confederação Brasileira de Boliche
* Banco do Brasil – 001
* Agência: 1004-9
* Conta Corrente: 808080-1
* CNPJ:86.961.356/0001-07

3. Organização do evento

A organização do evento ficará a cargo da Federação Mineira de Boliche, supervisionada pela CBBOL. Tal organização compreende, entre outros deveres, a divulgação diária dos resultados, disponibilização de planilhas de acompanhamento, súmulas de pista, divulgação de mapa de pista diário e condicionamento de pistas nos dois boliches utilizados para o torneio. Também ficará a cargo da Federação local as cerimônias de abertura (Betim e BH), bem como a fixação de Bandeira Nacional nos dois boliches durante todo o período de competição.

4. Forma de disputa

a) As duas primeiras divisões masculinas serão compostas por 24 atletas e a forma de disputa será Round Robin (30 pontos por vitória e 10 por empate), classificando-se os três primeiros de cada divisão para a final Petersen.

b) As duas primeiras divisões femininas serão compostas por 12 atletas e a forma de disputa será Round Robin (30 pontos por vitória e 10 por empate), classificando-se as três primeiras de cada divisão para a final Petersen.

c) As demais divisões serão disputadas no formato All-Events, classificando-se para as finais Petersen, os três primeiros colocados de cada divisão.

d) A divisão de cada atleta será determinada utilizando-se o Ranking Brasileiro atualizado após a Taça Brasília 2016, sendo que a CBBOL se reserva o direito de utilizar até dois convites por divisão. Em hipótese alguma um jogador poderá disputar uma divisão abaixo da que tenha sido designado.

e) O mapa de posicionamento dos jogadores será divulgado até uma semana antes do início da competição.

f) Serão jogadas 6 (seis) partidas em cada rodada, num total de 24 partidas.

g) Em todas as divisões, serão classificados para as finais os três primeiros colocados do All-Events (com bônus, em caso de disputa Round Robin e sem bônus nos demais casos)

h) Na primeira partida, o 2º colocado enfrenta o 3º colocado com a vantagem do empate. Na segunda partida, o 1º colocado enfrenta o vencedor da primeira partida com a vantagem do empate. Será declarado campeão brasileiro o vencedor da segunda partida.

i) Será realizado condicionamento das pistas a serem utilizadas nas finais. Cada divisão utilizará apenas um par de pistas para as duas partidas finais.

5. Condicionamento das pistas

Será utilizado UM PATTERN WTBA, de comprimento MÉDIO, a ser definido pela Diretoria da CBBOL e divulgado na quinta-feira, dia 1º de setembro, até às 22h e disponibilizado para treino a partir do dia 2 de setembro.

A manutenção das pistas é de responsabilidade exclusiva da Federação Mineira de Boliche, que deve acompanhar de forma presencial todos os procedimentos diários, em todos os turnos, nos dois boliches utilizados.

6. Uniforme

É obrigatório que os atletas utilizem camisas alusivas ao boliche ou aos clubes filiados. Não será permitido o uso de bermudas. Fica proibida a utilização de camisas com nomes de outros países. As mulheres podem optar por calça comprida, saia ou bermuda.

7. Consumo de Comida, Bebida e Cigarro

Não é permitido portar ou consumir comida na área de jogo. Estão excluídos desta regra as barras de cereal/proteína/doces ou frutas.

É proibido o consumo de bebidas alcoólicas durante as partidas e seus intervalos. O consumo de bebida alcoólica somente será permitido após a competição, fora da área de jogo, desde que o atleta não esteja uniformizado. O atleta que for pego consumindo álcool durante o turno será imediatamente excluído do torneio.

É proibido o fumo durante o turno que o atleta esteja jogando, mesmo que em área designada para tal. Após o jogo, o atleta deverá respeitar a legislação local vigente quanto ao fumo. Caso um jogador seja pego fumando durante uma partida, a mesma será zerada para efeito de pontuação. Caso o jogador seja pego fumando entre as partidas, será zerada a partida subsequente. Em caso de reincidência, o jogador será excluído do torneio.

8. Uso de Pós e Substâncias Indevidas

É proibido o uso de Grip’s, Slide’s e/ou outras substâncias do tipo, junto ao retorno de bolas, pois os mesmos podem prejudicar os arremessos de outros atletas. O uso deverá ser feito nas mesas junto às cadeiras, ou fora da área de jogo. É proibido deixar Grip’s, Slide’s e similares em cima do computador na área de jogo. É proibido, a qualquer momento, o uso de Grip’s, Slide’s, talco, ou qualquer outro produto nas solas dos sapatos. O atleta que desrespeitar a regra terá o frame que estiver jogando zerado. Em caso de reincidência, a partida zerada. Nova reincidência, zero no turno e desclassificação do campeonato.

9. Ajustes nas Superfícies das Bolas

Ajustes na superfície das bolas feitos a mão com abralon, scotch brite, produtos de polimentos e limpeza constante da lista de produtos aprovados pela WTBA serão permitidos entre partidas desde que sejam feitos fora da área de jogo e que não atrase a próxima jogada do jogador.
Somente será permitido o uso de produtos aprovados pela WTBA. A relação poderá ser acessada pelo site www.worldtenpinbowling.com, seção Acceptable Ball Cleaners/Polishes.
Caso o atleta altere a superfície da bola durante a partida, a partida em questão será anulada e receberá zero como pontuação.

10. Jogo Lento

O jogador deve estar pronto para jogar quando for sua vez e não deve atrasar o arremesso quando as pistas à sua esquerda e direita estiverem livres (1 pista de cortesia). O jogador deve obedecer 1 pista de cortesia a todo momento. Jogadores no mesmo par não devem realizar arremessos consecutivos sem permitir que um jogador de outro par faça seu arremesso, a não ser que o jogador de outro par não esteja pronto para o arremesso.

11. Penalidades e Comissão Disciplinar

A não observância de um atleta a qualquer dos itens do presente Regulamento ou Código Brasileiro de Justiça Desportiva e regras FIQ/WTBA, quando aplicável, implicará em perda de Frames, dos pontos da partida, da rodada e, até mesmo, a sua exclusão da competição, a critério do Delegado da CBBOL ou da Comissão Disciplinar. A insistência na falta poderá implicar em punição disciplinar, afetando inclusive o benefício do Bolsa Atleta, conforme texto a seguir:
Art. 10 Deferida a concessão aos Atletas Aptos, selecionados conforme o disposto nos artigos 6º, 7º e 8º e após publicação de seus nomes no Diário Oficial da União, estes serão considerados Atletas Contemplados.
§ 1º O atleta que encerrar sua carreira esportiva, não participar regularmente de treinamentos e competições oficiais ou sofrer sanção disciplinar terá seu pleito, contemplação ou benefício cancelado.
A Comissão Disciplinar será nomeada pela Diretoria da CBBOL, e seus membros anunciados em dia anterior ao início dos jogos.

12. Pesagem/conferência de Bolas

A CBBOL poderá a qualquer momento e de forma aleatória fiscalizar qualquer atleta, fazendo a conferência das bolas em jogo para ver se as mesmas encontram-se dentro das especificações técnicas definidas pela WTBA. Se por acaso qualquer bola estiver fora das normas, este atleta perderá a série jogada e a bola fora de especificação deverá ser colocada em condições para o uso.

13. Disposições Finais

O presente regulamento seguirá as normas emanadas dos órgãos superiores brasileiros e World Bowling (Federação Internacional de Boliche). Os casos omissos ao presente regulamento serão resolvidos pela diretoria da CBBOL.

Brasília, 18 de julho de 2016.
CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BOLICHE